Sobre o Veredas

O Projeto Veredas é um projeto social que atua junto a comunidades da região da Serra da Capivara, no Piauí, para promover o desenvolvimento socioeconômico da região e a preservação das culturas e tradições.

 

A iniciativa nasceu de grupo de jovens de São Paulo que, em uma viagem escolar do Colégio Santa Cruz para a Serra da Capivara, conheceu e conviveu com comunidades que lidam diariamente com a pobreza, a seca, a ausência de políticas públicas efetivas e a precariedade dos serviços básicos, como educação e saúde. Sensibilizados, decidiram fundar o Veredas.


O projeto está presente em duas comunidades, onde planeja a construção de espaços coletivos para melhorar as condições de vida locais, e colabora também com instituições da região, como escolas e organizações.


O Veredas acredita que para fazer a diferença é necessário formar vínculos significativos e duradouros com as comunidades, buscando ouvir as demandas locais e traçar soluções sustentáveis de forma colaborativa e conjunta.

IMG_5420_edited.jpg
 

A Serra da Capivara

A Serra da Capivara, no sul do estado do Piauí, é uma região de extrema importância para o Brasil e o mundo. É lá que se encontra o Parque Nacional da Serra da Capivara, considerado Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO por sua relevância arqueológica.

Além das pinturas rupestres icônicas, a Serra da Capivara tem uma natureza exuberante, o que lhe dá enorme potencial turístico.

Ao mesmo tempo, o Piauí é um dos estados mais pobres do Brasil e a ausência de políticas públicas eficazes para fortalecer o turismo impede que a região se desenvolva, fazendo da Serra da Capivara uma região pouco conhecida e valorizada.

Dessa forma, a vida daqueles que habitam a Serra da Capivara é bastante difícil. As comunidades e vilarejos enfrentam dificuldades para desenvolver atividades econômicas lucrativas, sofrem com ausência de serviços básicos e lidam com a dura realidade da seca nordestina.

 

Nossa história

2015/16: SOMOS TODOS CAPIVARAS

Em 2015, o Parque Nacional da Serra da Capivara sofria uma crise severa de falta de recursos. Além de sua relevância arqueológica global, o parque é um dos maiores empregadores da região e seu fechamento colocaria o trabalho de muitas pessoas em risco. 

Diante disso, um grupo de jovens do Colégio Santa Cruz fundou o Somos Todos Capivaras, uma iniciativa com o objetivo de ajudar o parque e a região. Além do apoio financeiro à unidade de conservação, foram realizadas parcerias uma organização local, o Instituto Olho d'Água, para doar livros para uma biblioteca em São Raimundo Nonato (PI).

2017: NASCE O PROJETO VEREDAS

Ao retornar da viagem escolar à Serra da Capivara, alguns estudantes do 9º ano de 2017 decidiram que, em vez de apenas doar dinheiro e recursos (como havia sido feito anteriormente), deveriam se unir para fazer um projeto mais contínuo e colaborativo com as comunidades da região. 

Esse grupo se juntou ao Somos Todos Capivaras, fundando o Projeto Veredas.

Decidiu-se começar pela Lagoa das Emas e, em conversas com a comunidade, determinou-se que seria construído um centro comunitário no povoado. Foram realizados também eventos de arrecadação para financiar a obra, como a primeira edição do Piauífest.

2018: O PROJETO GANHA FORÇA

Em 2018, iniciam-se as conversas com os arquitetos para projetar o centro comunitário da Lagoa das Emas.

Ao mesmo tempo, começam as conversas com o Novo Zabelê para construir o novo museu da comunidade.

Realizam-se eventos de arrecadação, sendo os principais a palestra com o roteirista Bráulio Mantovani e a segunda edição do Piauífest.

2019: AS OBRAS COMEÇAM NA LAGOA DAS EMAS

Após dois anos de planejamento, começam as obras na Lagoa das Emas, com previsão de conclusão para o primeiro semestre de 2020.

Inicia-se o projeto arquitetônico do Zabelê e é realizada a terceira edição do Piauífest.

  • Instagram
  • Facebook
  • youtube

©2020 por Projeto Veredas